Análise de Óleo - Tensão Interfacial

Análise de Óleo - Tensão Interfacial

O ensaio mede a força necessária para romper a interface entre dois líquidos não miscíveis (água e óleo), detecta a presença de contaminantes polares solúveis e produtos de oxidação que são substâncias quimicamente ativas que podem acelerar o envelhecimento do óleo. Valores baixos de tensão interfacial indica deterioração e iminente formação de borra, já valor elevado para um óleo mineral isolante novo indica ausência de contaminantes indesejáveis. O método utilizado para a análise é: NBR 6234.

Observação: Análise realizada pela LABOLMAC em parceria com laboratório terceiro.